Embora tenha surgido há mais de 60 anos, não sendo novidade no setor industrial, e sendo reconhecido mundialmente pelos resultados proporcionados a muitas empresas, poucas são aquelas que realmente conhecem e praticam verdadeiramente o TPM.

Ao longo de trinta anos atuando como consultor e instrutor TPM no Brasil e diversos países das Américas, Europa e Ásia, tenho visto de tudo que se possa imaginar.

Com toda certeza devido à palavra manutenção.

A verdade é que quando uma Empresa não possui boas práticas, qualquer iniciativa minimamente estruturada e organizada produzirá melhores resultados. Se essa iniciativa tiver sido vendida como TPM, as pessoa na Empresa passaram a acreditar que o que fizeram é TPM.

 

TPM (Total Productive Management), ou Gestão Produtiva Total é um modelo de gestão de processos que busca o alinhamento do trabalho realizado na empresa com os seus objetivos estratégicos.

Trata-se de um modelo de gestão integrada que busca o desenvolvimento dos processos produtivos e administrativos

A principal característica do 

O TPM proporciona a integração e o alinhamento de todas as iniciativas da empresa 

TPM não é um sistema de gestão da Manutenção.

TPM não é Manutenção Autônoma, e muito menos treinar os Operadores para realizarem a manutenção dos seus equipamentos.

TPM não é ferramenta de gestão, muito menos de manutenção.